Mentoria de Intercâmbio: saiba como pode te ajudar a morar fora

Mentoria de Intercâmbio

Você já pensou em fazer uma mentoria de intercâmbio? Bem, o intercâmbio hoje é uma opção que tem peso no currículo, ajuda a aprimorar um idioma ou mesmo oferece experiências únicas de estar em contato com outra cultura.

Trata-se de uma prática que já evoluiu bastante e abrange diversas possibilidades de experiências internacionais. No início, era definido como uma troca entre países, onde um aluno era enviado a outro e, em seu lugar, vinha um estudante do país para onde ele estava indo.

Esse modelo já foi superado e hoje existem programas que não dependem mais dessa troca. A diversidade do intercâmbio também reside na acessibilidade que alguns programas oferecem, até com oferta de bolsa, facilitando a entrada de muitas pessoas. 

Significa que, independente da condição financeira, a pessoa pode participar de um programa de intercâmbio para aprimorar seus conhecimentos e currículo.

Porém, quando falta planejamento, além de significar dor de cabeça e trabalho triplicado, o intercâmbio também pode se tornar um pesadelo financeiro. 

Por isso, é importante contar com um serviço de mentoria de intercâmbio para que não haja problemas e o intercâmbio seja uma das melhores experiências na vida do intercambista.

Independente do tempo e do local que se queira viajar, é importante fazer um planejamento minucioso e adequado aos seus objetivos e é aí que a mentoria de intercâmbio atua.

Hoje, o intercâmbio pode ter diversos objetivos. Podem ser algumas das motivações: viajar para aprender ou aprimorar outra língua, conhecer uma nova cultura, especialização acadêmica, para ter experiência de trabalho em outros países ou ainda fazer com o foco na imigração. 

Por isso, neste artigo, vamos sanar todas as dúvidas sobre mentoria de intercâmbio, o que é, como funciona, quanto custa, quais as vantagens e por que você deve buscar esse serviço caso esteja pensando em fazer intercâmbio.

Vamos lá?

O que é mentoria de intercâmbio?

Muitas decisões precisam ser tomadas na preparação para a viagem intercambista. Desde definir o país e cidade de destino, o programa, o que se quer fazer lá e por quanto tempo, são dúvidas que devem ser sanadas.

Em seguida, compreender os requisitos e papelada necessária para ingresso no programa eleito. Alguns pedem proficiência no idioma, outros comprovação de histórico escolar, experiência profissional etc. Ou seja, documentos que precisam ser providenciados com antecedência.

Ainda é preciso escolher o tipo de moradia que se vai utilizar. Afinal, existem as residências em casas de família, repúblicas ou os aluguéis individuais. Alguns programas, como o high school, já incluem a moradia no programa, por tratar-se de menor de idade.

Dessa forma, atravessar esses estágios na decisão do intercâmbio para que não haja frustrações e tudo seja realizado com tranquilidade e segurança não é difícil. E é aí que entra a mentoria de intercâmbio.

A importância da mentoria

Como já vimos, hoje em dia, existem programas de intercâmbio focados em experiências distintas e para todas as idades. Com tanta possibilidade disponível, é preciso conhecer bem cada programa, entendendo seu funcionamento, direcionamento e regulamentos. 

Para quem vai fazer intercâmbio pela primeira vez, esse volume de informação pode gerar confusão e a pessoa pode escolher uma opção que não seja tão interessante ao seu objetivo. 

Assim, a mentoria de intercâmbio ajuda o intercambista a fazer escolhas mais assertivas. O serviço trabalha no processo de orientação do candidato, desde a escolha do destino, os programas que existem para esse lugar, as bolsas e promoções disponíveis, opções de hospedagem, documentos necessários, orçamento necessário, entre outros aspectos inerentes ao planejamento do intercâmbio.

Em função disso, a mentoria é substancial e deve ser o primeiro serviço a ser buscado pelo futuro intercambista.

Dessa forma, a viagem deve ser planejada e detalhada com muito cuidado. Será preciso pensar em todos os pormenores para que você consiga realizar o intercâmbio e evitar surpresas.

Tipos de intercâmbio

As opções de programa de intercâmbio são bem diversificadas e a mentoria pode te ajudar a escolher a que melhor se encaixa no seu perfil.

  • Trabalho – programa voltado para quem deseja trabalhar no país destino por algum tempo para diversificar o currículo e ter uma carreira no exterior também.
  • Idioma – programa voltado para quem deseja ser fluente em uma língua específica. Poderá viajar só para estudar em uma escola local no país destino ou ainda trabalhar e estudar. 
  • High School – voltado para estudantes de ensino médio, o intercâmbio nessa fase é importante para o jovem trocar experiências e vivências em uma nova cultura, além de ampliar sua cartela de conhecimento com currículos diferentes do Brasil.
  • Graduação – pode ser feito como “sanduíche”, com o aluno cursando um período em um curso equivalente no país destino ou estudar integralmente em uma universidade no exterior para ter mais vantagem competitiva no mercado de trabalho.
  • Pós-graduação – também pode ser feita na modalidade sanduíche ou integralmente em uma universidade estrangeira.

Como funciona uma mentoria de intercâmbio

Ao contratar o serviço de mentoria, a empresa vai te orientar com todos os passos para que o intercâmbio se concretize. Como dissemos, vários fatores podem influenciar na escolha do programa. 

O primeiro deles é identificar se a pessoa está indo para aprender o idioma, ou se quer fazer um programa que exija um nível avançado da língua, ou ainda se busca um mix entre essas duas opções. Geralmente, pessoas que buscam um programa de intercâmbio querem aprimorar seus conhecimentos: seja de idioma ou da sua área de formação.

Após essa definição, inicia-se o entendimento sobre qual destino (país e cidade) você deveria ir, levando em consideração a expectativa que tem com o intercâmbio. Assim, pode ser que seu interesse seja unir o útil ao agradável de passear e aprimorar o idioma por um mês, ou um semestre todo de estudos de uma habilidade específica. Pode ser também um intercâmbio mais longo em busca de uma graduação, pós-graduação, mestrado e doutorado. Ou também um programa que seja a porta de entrada para a imigração.

Cursos de graduação e pós-graduação no exterior

A mentoria de intercâmbio vai mapear todas as oportunidades que se encaixam no seu perfil e fazer um levantamento de toda a documentação necessária para o intercâmbio, proficiências, currículo, exames de admissão. 

Além disso, faz-se um diagnóstico financeiro, identificando quanto será preciso investir e quando será necessário fazer os pagamentos. Se a primeira opção escolhida não está acessível para você, será ajustado o curso à sua realidade para que você não se complique financeiramente. Na mentoria, vamos identificar as escolas com bolsas de estudos parciais que vão ajudar bastante no seu orçamento.

Com isso, a mentoria vai te apresentar os melhores e mais viáveis programas de intercâmbio acadêmico disponíveis, analisando também a referência da escola ou universidade, objetivo de carreira, os programas de bolsa parcial disponíveis, grade curricular, formas de ingresso, entre outros detalhes para que a escolha seja a mais acertada possível.

O passo seguinte é organizar toda a documentação, pagar taxas possíveis e se preparar para os testes e exames. 

Havendo admissão, o processo seguinte (que pode também ocorrer em paralelo) é organizar a logística da sua viagem. Itens como vistos necessários, despesas com viagem e transporte na chegada ao destino, moradia, alimentação, seguro saúde e compra de moeda ou remessa de valores.

Na mentoria será apontado todos os passos que deve tomar além do processo de ingresso na instituição. O suporte será desde o processo de decisão até a sua chegada e instalação com segurança no país de destino. 

Tipos de bolsa

Cabe ressaltar que as bolsas para quem vai estudar no exterior são bem diversas e permitem que a pessoa tenha a experiência de complementar a formação no exterior sem ter que arcar com toda a despesa. 

Assim, existem bolsas e promoções disponíveis nas escolas de idiomas, de high school e também aos estudantes dos cursos de nível superior como os Colleges Públicos e Privados e universidades.

Na Challenge Intercâmbio estamos sempre antenados com as bolsas e promoções ativas e imperdíveis oferecidas pelas instituições do nosso portfólio.

Aprimorar o idioma

Para quem busca ter fluência em um idioma específico, o intercâmbio é a forma mais prática de desenvolver essa habilidade. Segundo a Belta, esse é o maior motivo que leva brasileiros ao exterior.

Mesmo que o objetivo seja aprender a língua no país estrangeiro, é interessante que o intercambista já tenha contato e familiaridade com o idioma. Isso vai facilitar muito mais sua adaptação no intercâmbio. 

Por isso, algumas escolas oferecem cursos para que o intercambista realize de maneira online antes de viajar e alcance pelo menos o básico, para ter maior confiança e liberdade quando chegar no exterior. Ou, também pode ofertar cursos de línguas ainda mais aprofundados, que vão prepará-lo para a altura do desafio.

Assim, a mentoria de intercâmbio vai ajudá-lo a escolher a escola e o país que melhor se enquadram na necessidade do candidato, bem como na disponibilidade financeira dele.

Entre os idiomas mais requisitados está o inglês, falado por muitas nações, ele é oferecido em diversas escolas de idiomas, com níveis diferentes que podem ser um pontapé inicial para o intercâmbio.

Além dos cursos pré-intercâmbio, há ainda a possibilidade do intercambista realizar cursos de aprimoramento da língua no país destino. Assim, além de conviver com o idioma na rotina, ele pode aprender de forma mais rápida com professores locais.

Intercâmbio High School

O intercâmbio High School é uma oportunidade para jovens ainda no ensino médio terem uma experiência de estudo internacional. Aqui, fica evidente que o aluno vai aprofundar ainda mais o conhecimento da língua estrangeira. 

Visto que passará no mínimo seis meses em outro país, o aluno também terá contato maior com a cultura local. Ele fica hospedado com uma família onde aprenderá não só a língua como os costumes e hábitos daquela região.

Durante a mentoria, tudo isso é colocado no planejamento e o consultor vai buscar o local, com famílias mais adequadas às demandas daquele jovem.

O consultor ainda vai orientar essa escolha de acordo com a diversidade curricular e a validação do currículo da escola estrangeira pelas entidades competentes brasileiras. Isto evita que nada do que foi aprendido em seis meses ou mais, seja inutilizado no currículo escolar nacional.

Trabalhar no exterior

Aqui, a consultoria te ajuda a localizar programas de intercâmbio que permitam o trabalho associado a outra atividade educativa. Pode ser estudo de idioma, curso profissionalizante ou extensão acadêmica.

Em seguida, o consultor vai mapear com você os requisitos necessários para ingressar naquele país e conseguir um trabalho. Cada país possui os seus respectivos requisitos. 

O Canadá, por exemplo, restringe o trabalho para estudantes de idioma, porém é flexível com programas de nível superior. Já outros países como a Irlanda e a Alemanha liberam, sob condições específicas.

Por isso a ajuda de uma mentoria especializada e de renome, com parcerias e escolas no país estrangeiro é fundamental.

Aur Pair – é um tipo de intercâmbio de trabalho que emprega pessoas, especialmente mulheres, para serviços de babá no país destino. Comum nos Estados Unidos e em alguns países da Europa, essa modalidade prevê até 45 horas semanais de dedicação ao trabalho, incluindo moradia e alimentação.

Trabalho voluntário – outra categoria ainda para o intercâmbio de trabalho é o trabalho voluntário. Tem durabilidade de 1 a 3 meses e podem ser associados ao estudo de idioma. Dá ao intercambista um diferencial no currículo de ter atuado em causas sociais, por exemplo.

Por que contratar uma consultoria para morar fora

O sonho de estudar, trabalhar e morar no exterior precisa ser bem planejado para que ele se concretize, sem atropelos ou gastos exorbitantes.

O papel da consultoria é apresentar as opções viáveis que se encaixem no seu orçamento e modo de vida, bem como nas suas metas.

Por isso que as consultorias são feitas por pessoas que já passaram pela experiência do intercâmbio e/ou moram no exterior. Portanto, os consultores compartilham sua experiência e indicam as melhores alternativas, além de ajudarem nos processos iniciais.

Existem muitas opções tanto de escolas, países, programas de intercâmbio e formas de pagamento. O consultor e sua expertise no assunto, te ajudam a selecionar aquela que é ideal, com praticidade e segurança.

Vantagens da mentoria de intercâmbio

Garantem agilidade nos processos – os consultores auxiliam no checklist do intercâmbio, verificando a documentação e certificações que precisam ser providenciadas. 

Imagina cuidar disso tudo sozinho pela primeira vez? Diante de tantas demandas, ter alguém que possa auxiliar e indicar caminhos é fundamental para a celeridade do processo.

Planejamento educacional – roteiro completo de acompanhamento durante todas as etapas do intercâmbio, desde a providência de documentação, traduções, matrículas e as demais atividades envolvidas no processo.

Demonstram a viabilidade de morar no exterior – os consultores também são referência mais precisa e real de como é viver em determinado país que você tenha escolhido. 

Por exemplo, a depender do valor da moeda e da disponibilidade financeira do candidato, é mais viável ir para o Canadá do que para os Estados Unidos para aprender inglês, por exemplo.

Conhecem o país destino – o consultor já visitou diversos países ou tem vivência de morar no exterior, assim ele pode trazer informações para processos do dia a dia, como informações sobre meios de transporte, compras, opções de trabalho, alimentação, entre outras.

Estes aspectos são específicos de cada país e nem sempre as opções mais econômicas e práticas são fáceis de encontrar na internet.

Experiência vivida com intercâmbio – além de morar fora, eles passaram pelo mesmo processo de documentação, autorização, visto para que sua imigração pudesse acontecer. 

Assim, o consultor é um exemplo vivo de como um intercâmbio bem planejado e com orientação adequada pode ser bem sucedido.

Mentoria para candidatura em college e universidade

No caso de candidaturas a colleges e universidades em cursos de graduação ou pós-graduação, a mentoria é essencial, por alguns motivos além dos listados acima.

Por ser uma pessoa experiente que já passou por esse processo, o consultor, neste caso específico, ajuda também a melhorar os textos e redações exigidos pelos programas e a preparar o aluno para possíveis entrevistas. 

Também auxilia indicando como se preparar para os diversos testes, ou seja, munindo o candidato de conhecimento para que no dia dos testes, ele tenha os melhores resultados. 

6 dicas para escolher a mentoria que vai te ajudar a morar no exterior

Agora que sabemos a importância de uma mentoria de intercâmbio no planejamento da viagem ao exterior, é hora de saber como escolher a mentoria ideal. 

Aqui, vamos elencar dicas que devem ser levadas em consideração durante a escolha.

Consultorias para os países que deseja conhecer

Quanto mais conhecimento e experiência o consultor tiver com o país para onde você quer ir, melhor para o intercambista. Pelas vantagens citadas no tópico anterior que vão dar ao intercambista mais confiança e segurança na decisão.

Experiência com o tipo de intercâmbio que se quer fazer 

Além de conhecer o país, é importante que a mentoria também tenha experiência com o tipo de intercâmbio que se quer realizar. 

Então, se sua meta é fazer o intercâmbio para realização de uma pós-graduação, busque empresas que já trabalham com isso e têm bons cases na bagagem.

Know how sobre as instituições de ensino

Outro ponto importante é ter conhecimento e até contatos com as instituições de ensino estrangeiras. Muitas delas abrem vagas para alunos internacionais e essa informação é necessária para o intercambista.

Assim, conhecer as instituições e seus processos de admissão deve ser um pré-requisito ao consultor.

Estabeleça um cronograma de ações

Pelas várias demandas que aparecem antes da viagem acontecer, é interessante que a mentoria seja organizada e sistematizada. 

Assim, um cronograma de atividades e ações auxilia no cumprimento das tarefas em seus prazos, o que reduz bastante o risco do intercambista perder a oportunidade de morar em outro país. 

Acompanhamento após matrícula

É recomendado também busca por uma empresa que dê suporte também depois de o intercambista ter chegado ao destino. 

Muitas empresas encerram o atendimento quando o aluno viaja. Outras, porém, seguem acompanhando até o fim dos estudos. Isto além de favorecer a relação intercambista e consultoria, também dá mais segurança à pessoa. 

Pacotes flexíveis

A mentoria ideal é aquela que consegue adaptar seus pacotes de mentoria para sua realidade e seus objetivos.

Como já mencionamos, um intercâmbio pode ser feito por motivos distintos e o recurso para esse investimento pode variar bastante. 

Encontrar uma mentoria que seja personalizada é importante para não gerar expectativas equivocadas sobre o processo.

Quanto custa uma mentoria para morar fora?

Não existem valores fixos de mentoria no mercado. Variáveis como: a sede da empresa (se é no Brasil ou no exterior), o tempo da mentoria (1 ano ou 6 meses, por exemplo) e o pacote envolvendo a forma como a mentoria será aplicada influenciam no preço.

No entanto, é importante que o candidato saiba quais custos terá com todo o processo, para levar em consideração na hora de se organizar junto a própria mentoria.

Além de pagar por uma consultoria, é preciso considerar outros custos como passagem, tarifas referentes à admissão na escola ou universidade, por exemplo. Assim como, os custos gerais locais, de moradia, transporte e alimentação.

Alguns países, por exemplo, permitem que o estudante internacional trabalhe, outros não. No caso de ir para um país onde não é permitido o trabalho formal ao estrangeiro, economizar com antecedência para ter como se manter durante a viagem é essencial.

Como se preparar financeiramente

Uma dica bônus para quem planeja viver em outro país é economizar dinheiro. Por mais que a mentoria de intercâmbio seja uma das mais flexíveis e com pacotes personalizados, o investimento em intercâmbio tem certo custo.

É importante ter ciência disso para tomar as decisões corretas a fim de levantar verba para fazer a viagem. Organize brechó e bazares com coisas usadas. Faça sorteio entre os amigos. 

É possível também cortar alguns gastos e investir em trabalho extra, um freela ou algo dessa natureza e guardar esse dinheiro para o intercâmbio.

Por quanto tempo você tem acesso a mentoria?

Como mencionado, há opções de mentoria que acompanham o aluno durante toda sua estadia no outro país. Outros encerram a assessoria assim que o aluno finaliza a matrícula na universidade.

A escolha dessas alternativas fica a critério do intercambista e sua independência durante a permanência no exterior. Além disso, a própria empresa também pode sugerir um tempo fixo de mentoria, como um ano, para ajudar a pessoa durante o próprio processo de adaptação. 

Por isso, ressaltamos que, por mais independente que seja o indivíduo, é importante manter o suporte da consultoria em caso de adversidades e problemas. Principalmente quando estamos falando de jovens e estudantes. 

Posto que o consultor vive ou viveu no  mesmo país, é mais fácil que ele consiga orientar com maior facilidade para a resolução de problemas. 

Concluindo

Vimos a importância de planejar o intercâmbio com a ajuda de uma mentoria especializada. As chances de a viagem acontecer sem nenhum problema são maiores.

Ter o apoio de quem tem experiência com intercâmbio dá mais segurança ao candidato, bem como dá mais celeridade ao processo. Assim, com um cronograma elaborado e prático, o candidato acompanha junto ao consultor as demandas e providências que deve tomar ao longo da candidatura ao programa de intercâmbio.

Também vimos que existem vários tipos e programas de intercâmbio. Cada um deles tem demandas específicas que o consultor ajudará a realizar corretamente no tempo hábil. 

Escolhendo uma mentoria de intercâmbio de confiança e vasta experiência de mercado, o intercâmbio vai ser bem proveitoso. E, além dos benefícios de estudar fora como, aprimorar o currículo, conhecer novas culturas e praticar uma língua nova, o intercâmbio pode ser também o primeiro passo para morar definitivamente fora do país.

Agora que sabemos tudo sobre mentoria de intercâmbio, que tal aproveitar e descobrir porque a Mentoria da Challenge Intercâmbio é a ideal para você?

0 0 votes
Article Rating
Subscribe
Notify of
guest
5 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
3 meses atrás

[…] programa de mentoria de intercâmbio te ajudará a construir seu planejamento desde a concepção da ideia até a sua chegada no […]

trackback
3 meses atrás

[…] de análise de visto e conseguir fazer um cronograma de estudos mais realista para nosso cliente da mentoria de intercâmbio. Muitas vezes planejamos o início de estudos com pelo menos 6 meses do primeiro […]

trackback
2 meses atrás

[…] programa de mentoria de intercâmbio te ajudará a construir seu planejamento desde a concepção da ideia de morar, estudar e trabalhar […]

trackback
2 meses atrás

[…] tranquilo: esse tipo de informação e assistência é dado pela agência de intercâmbio. Aliás, algumas agências têm um programa de mentoria, fundamental para o planejamento do intercâmbio na Alemanha, com orientações de tudo que é […]

trackback
2 meses atrás

[…] no Canadá? Então saiba que há algumas coisas para providenciar. Claro que encontrar uma mentoria que preste esse tipo de serviço é o primeiro passo, mas não é só isso. Você também vai […]